Páginas

sábado, 24 de dezembro de 2016

LEITURA ESTIMULA A CRIATIVIDADE NA CRIANÇA.

Incentivo à leitura estimula a criatividade na criança, diz escritor

Terra - 30/11/2016

Criança gosta de criar, imaginar e sonhar. Em meio aos brinquedos a fantasia é levada a sério e através da leitura é possível preparar uma criança para ser um adulto melhor, em sincronia com sua missão de vida. Essa é uma das formas que o escritor João Gabriel Brene encontrou para definir a importância da leitura na vida das crianças.

O autor da trilogia de ficção e aventura, do herói Johnny Bleas (Editora Pandorga) tem em seus pais um modelo de incentivo à leitura desde a infância. "Meus pais sempre contribuíram para que eu me interessasse pela leitura. Quando saíamos passear dificilmente eu ganhava um presente. Mas quando visitávamos as livrarias eu sempre tinha liberdade de escolher qualquer livro da loja. Mesmo se estivéssemos em uma situação financeira difícil, eles nunca me privaram de ler", revela JG. Brene.

Segundo ele, com o passar do tempo, ir à livraria se tornou um dos seus maiores desejos e uma grande diversão e hoje quando possível, dá um conselho àqueles que querem um futuro melhor para seus filhos. "Aos pais eu certamente diria que levar os filhos a uma livraria deveria ser tão habitual, quanto levá-los à escola".

De acordo com Brene, a maior das façanhas de um livro é fazer com que o leitor possa voar em mundos de imaginação e fantasia. Seus livros "Johnny Bleas - Um novo mundo" e "O Núcleo da Montanha", assim como os livros Harry Potter, de J.K. Rowlling, ou As Crônicas de Nárnia de C. S. Lewis, cumprem essa missão. "Além de proporcionar esta fantástica façanha, Johnny Bleas, assim como outros livros de ficção e aventura, incentiva o leitor a ir atrás de suas conquistas, amplia seu vocabulário, melhora sua capacidade de concentração, memória e definitivamente lhe ensina a sonhar grande!".

Quando criança, o autor mergulhava na leitura dos livros, sagas e trilogias porque se encantava com a fantasia exposta nas outras dimensões. "O que mais me encantava certamente era conhecer mundos mágicos, mas, além disso, me encantava desvendar mistérios e aprender coisas novas. Afinal livros são nossos melhores professores", conclui o escritor João Gabriel Brene.

Nenhum comentário:

Postar um comentário