Páginas

terça-feira, 26 de julho de 2016

CONFIRA A LISTA DE 10 LIVROS INFANTIS PARA LER COM AS CRIANÇAS NAS FÉRIAS.

Confira lista de 10 livros infantis para ler com as crianças nas férias

Correio de Uberlândia - 10/07/2016


Com as férias escolares, muitos pais e mães se preparam para viajar ou passear com as crianças. Mas nem só de estrada é feito este período de lazer entre pais e os pequenos. Nas horas vagas, a leitura pode e deve ser usada como uma opção de lazer e aprendizado.

Ao ler para as crianças, os pais criam mais um vínculo com elas e despertam a curiosidade delas para novas histórias, lugares e personagens, uma viagem sem sair do lugar. A lista desta página traz dicas da Editora Evoluir, com 20 anos de mercado. Cada exemplar custa R$ 24,90 e podem ser adquiridos nas livrarias ou pelo site.

Confira:

A Lei Dumar (Autora: Maricy Regis)
Você sabia que os camarões têm direitos? E que as ostras, as baleias e as estrelas do mar também? Conheça o Doutor Dumar e fique por dentro de tudo que esse sábio cavalo- marinho tem para ensinar. O livro traz temas de amizade, leitura, direitos e meio ambiente.

Um sonho cor de verde (Autor: Claudio Fragata)
A Mata Atlântica já foi imensa. Ia de Norte a Sul do Brasil. Veio o machado, veio a motosserra, ela foi diminuindo, diminuindo. O que era mata virou cidade, fazendas, fábricas. Os bichos tiveram que se amontoar no que sobrou da floresta. E agora? Será que um sonho cor de verde pode modificar essa situação? Bom, sonhar nunca é demais.

Brincaliques quase travalínguas (Autora: Tatiana Belinky)
Fale rápido “num dia de Urucubaca/Urraca, a macaca velhaca/ficou tiririca/cuspiu na canjica/ E mergulhou no Titicaca”. É através de brincadeiras como essas que a autora proporciona a seus leitores muita diversão.

Eu gosto de mim (Autora: Bia Monteiro)
A autoestima deve ser aprendida, vivenciada e estimulada desde cedo. No livro, quem apresenta esta história é um elefantinho meio desengonçado, mas que vive muito bem com ele mesmo e que adora sua barriguinha, seu nariz comprido e seu jeito de ser.

Pulga Maldita, Pulga Benedita (Autora: Lúcia Pimentel Góes)
Você já sentiu aquela coceirinha ardida como pimenta? Tenho certeza que sim. Nesta obra, as crianças vão se divertir com as confusões das pulgas: Maldita e Benedita.

Tibi Quanta gente (Autor: Tieko Irii)
Quanta gente, de tantos tipos, de tantas cores e tantos jeitos! O livro trata das diferenças de forma humana, sensível e delicada.

A vingança do Zezinho (Autora: Tatiana Belinky)
Quem nunca sofreu de dor de dente? O Zezinho já. E ele faz tudo para se livrar dela. O primeiro passo foi ir voando para o Doutor em Osasco para se curar. Com muito humor, a autora conta como ele se vingou e conseguiu acabar com esta dor insuportável, deixando o dente “doer” sozinho no frasco.

Como é Bom (Autora: Bia Monteiro)
Viver bem é um aprendizado que começa na infância. Com lindas ilustrações das coisas simples que tornam a vida boa e sugestões de atividades que inspiram as crianças a experimentá-las, o livro contribui para desenvolver a autoestima e alegria de viver.

Frederico Fellini (Autora: Bia Monteiro)
O livro conta a história de Frederico Fellini, um gatinho que não se sente bem por ser diferente dos irmãos. Por isso, ele decide fugir de casa e, aí, começa sua grande aventura pela cidade, descobrindo o mundo e encontrando suas raízes. É um livro que, de alguma maneira, toca em assuntos como preconceito, aceitação, vida nas ruas e abrigos.

Paca, tatu… cutia, Sim! (Autor: Claudio Fragata)
É uma história em versos inspirada na parlenda “paca, tatu, cutia não!”. Em todos os lugares que as cutias vão, são barradas na entrada, seja no cinema, seja no estádio de futebol… Um dia resolvem não aceitar mais a discriminação e se juntam para combater o preconceito. “Cutias unidas, jamais serão vencidas!” é a palavra de ordem. Tudo o que desejam é que a parlenda passe a ser “paca, tatu, cutia sim!”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário