Páginas

quinta-feira, 20 de junho de 2013

PARA QUEM NÃO SABE O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO BRASIL.


Guilherme Almeida
Para quem não sabe o que está acontecendo no Brasil, este é um texto traduzido da CNN Americana:
“Os protestos que vêm ocorrendo no Brasil vão além do aumento de R$ 0,20 na tarifa dos transportes públicos.
O Brasil está experimentando atualmente um colapso generalizado em sua infraestrutura. Há problemas com portos, aeroportos, transporte público, saúde e educação. O Brasil não é um país pobre e as taxas impostos são extremamente altas. Os brasileiros não veem razão para uma infraestrutura tão ruim quando há tanta riqueza tão altamente taxada. Nas capitais, as pessoas perdem até quatro horas por dia no tráfego, seja em automóveis ou no transporte público lotado que é realmente de baixíssima qualidade.
O governo brasileiro tem tomado medidas remediadoras para controlar a inflação apenas mexendo nas taxas e ainda não percebeu que o paradigma precisa compreender uma aproximação mais focada na infraestrutura. Ao mesmo tempo, o governo está reproduzindo em escala menor o que a Argentina fez há algum tempo atrás: evitando austeridade e proporcionando um aumento com base em interesses da taxa Selic, o que está levando à inflação alta e baixo crescimento.
Além do problema de infraestrutura, há vários escândalos de corrupção que permanecem sem julgamento, e os casos que estão sendo julgados tendem a terminar com a absolvição dos réus. O maior escândalo de corrupção da história do Brasil finalmente terminou com a condenação dos réus e agora o governo está tentando reverter o julgamento usando de manobras através de emendas constitucionais inacreditáveis: uma, o PEC 37, que aniquilará os poderes investigativos dos promotores do ministério público, delegando a responsabilidade da investigação inteiramente à Polícia Federal. Mais, outra proposta busca submeter as decisões da Suprema Corte Brasileira ao Congresso – uma completa violação dos três poderes.
Estas são, de fato, a revolta dos brasileiros.
Os protestos não são movimentos meramente isolados, unificados ou badernas de extrema esquerda, como parte da imprensa brasileira afirma. Não é uma rebelião adolescente. É o levante da porção mais intelectualizada da sociedade que deseja pôr fim a esses problemas brasileiros. A classe média jovem, que sempre se mostrou insatisfeita com o esquecimento político, agora “despertou” – na palavra dos manifestantes.”
Veja também o vídeo:

3 comentários:

  1. Assim como a porção intelectualizada de várias cidades está dando aulas e aulas para os incomPeTentes PrefeiTos que estão arruinando cidades, pelo Brasil afora, a porção intelectualizada que vive dando aulas e mais aulas aqui, mostrando sites, links da web aqui no blog deveria tb dar aulas e aulas para o incomPeTente PrefeiTo de Campanha que não sabe nada, que não faz nada, além de pão e circo para a turma da dentadura, do saco de cimento, do prato de comida! Acorda Campanha! Campanha, a gigante adormecida tb precisa acordar! Carlos Martins-Campanha

    ResponderExcluir
  2. É fato! É só abrir o site da Prefeitura Municipal de Campanha que se encontra o atestado de má gestão pela qual Campanha atravessa! Só há fotografias de pão e circo! Não há projetos para desenvolvimento, qualidade de vida! Pergunta pro povo campanhense como está a educação e a saúde em Campanha? André Alves-Campanha

    ResponderExcluir
  3. É isso o que Campanha precisa: campanhenses que amem de verdade a cidade, que se preocupem em explicar, em esclarecer para essa turma da dentadura, do saco de cimento, do prato de comida que esse governo que está aí, em nossa cidade, é pura enganação, a turma que está aí é uma versão para 15 mil habitantes da quadrilha do planalto. Acorda povo de Campanha e vamos varrer, limpar, livrar Campanha desses corruptos incompetentes que não fazem nada e embolsam tudo. Cadê a transparência? Só vemos palhaçada e desrespeito com o povo de Campanha por parte dos governantes. Luiz Paulo Silva-Campanha

    ResponderExcluir