Páginas

quarta-feira, 12 de junho de 2013

ARTESANATO CAMPANHENSE PARA O PAPA.

O artesanato e a religiosidade do Sul de Minas mais uma vez em destaque.
O artesão campanhense Paulo Henrique Pinto (Sodem) foi selecionado pelo Santuário Nacional para confeccionar  a réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida que será entregue ao Papa Francisco em sua visita ao Brasil no dia 24 de julho.
Confiram o link da matéria.
Atenciosamente,
Liliane Alves
Departamento Municipal de Turismo
Prefeitura Municipal da Campanha
ADM. 2009/2016
Tel.: (35) 3261-4008
www.campanha.mg.gov.br

21 comentários:

  1. Precisa divulgar isso em todos os canais de outras redes de tv, em jornais impressos, em muitos sites. Isto é super importante, precisa ser super divulgado. Sandra Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é... Campanha tem que fazer e fazer bem feito! é por isso que estamos aí passando perrengues, porque quem administra a cidade não faz e quando faz não faz bem feito! quem sabe agora o pessoal que é pago para trabalhar e só quer saber de ficar fazendo o de sempre e do mesmo jeito se conscientiza que eles precisam mudar, que eles precisam trabalhar pra valer! não é copiar um link e distribuir por e-mail uma simples notícia que vai divulgar Campanha! é preciso trabalho, esforço, empenho! afinal eles são pagos para isso! Telma Martins

      Excluir
    2. Zé Milton, em meio a esses protestos em todo o Brasil, todos mais do que necessários, urgentes, legítimos, me lembrei de seu blog que é a nossa "Avenida Paulista" e desta postagem do Departamento Municipal de Turismo que apenas envia um link de uma notícia. E, com o passar dos dias, essa notícia mostra, escancara que em Campanha não existem políticas públicas de turismo, políticas estas que promoveriam desenvolvimento, qualidade de vida, dignidade humana. Os responsáveis pelo Turismo em Campanha nada fazem, recebem e nada fazem. Por aqui, por tudo que se lê aqui fica muito claro o quanto Campanha é grande e o quanto os que administram-na, ou melhor, os que não a administram são pequenos. Muda Campanha, Muda Brasil! Precisamos de governos de verdade, de governos com competência, com capacidade, que saibam administrar e gerem qualidade de vida! Precisamos de agentes públicos que não desperdicem o dinheiro público e que promovam o bem comum! Precisamos de educação, de saúde, de segurança pública! Precisamos ver nossos direitos constitucionais atendidos! Só isso! Patrícia Fernandes

      Excluir
    3. Ouvi uma frase no noticiário que me lembrou Campanha: altos preços, altos salários no serviço público e nenhum serviço ou de má qualidade! Isso tem que mudar nas cidades, nos estados, no país! Ninguém aguenta mais!

      Excluir
  2. Muito bom.
    Campanhenses e suas habilidades raras.
    Talentoso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos campanhenses e muitas habilidades raras. Lamantável é o fato de muitos deles entregarem as suas obras raras para atravessadores que compram por preço de banana e revendem a peso de ouro. Tudo porque Campanha não tem uma gestão municipal competente. Isto é Campanha!

      Excluir
  3. Zé Milton, seria bom alertar os Departamentos de Turismo, de Jornalismo da prefeitura municipal de Campanha que eles têm a faca e o queijo para divulgar Campanha com esta notícia. Tudo vai depender da competência, capacidade, articulação, arrojo deles para fazerem Campanha aparecer na mídia com tudo a partir desta notícia. Eles precisam agir muito rápido e com muita eficiência! É por isso que Campanha têm dificuldades para conseguir recursos, na hora de fazer e acontecer na mídia, na hora de se autopromover, na hora de fazer o nome da cidade bombar, cadê a inteligência, cadê a competência dos responsáveis? Quem é pago com o dinheiro público tem que agir, mostrar serviço, é a hora! Fábio Carvalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem colocado, Fábio! É o retrato do que acontece, ou melhor do que não acontece!

      Excluir
    2. Carmo do Rio Claro quando teve seus doces relacionados ao Obama alavancou o artesanato de doces até a internacionalização. Um modelo pra Campanha!

      Excluir
  4. Sr. blogueiro, vimos a notícia e nos interessamos muito por conhecer mais sobre os santeiros de Campanha. Sua cidade é muito citada nos aspectos cultural, histórico, religioso, mas não se encontra informações em agências turísticas, nem pacotes de viagens. Ao fazermos buscas e contatos, algumas pessoas se referiram ao Santeiro dessa reportagem como "Ferreira Pinto", ficamos muito curiosos, pois esse sobrenome é famoso desde Portugal na área de escultura, modelagem e moldagem em madeira, ferro, barro. É isso mesmo, o Santeiro é "Ferreira Pinto"? Qual a origem da família dele? Há possibilidades de visitas turísticas ao atelier, oficina dele e dos demais? Onde os turistas interessados encontram informações detalhadas dos produtos turísticos encontrados em Campanha nessa área de escultura religiosa? Recorremos ao senhor e ao seu blog, pois foi o espaço virtual que encontramos mais informaões sobre a cidade de Campanha. Agradecemos a atenção. Mariana Barros de São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E no Rio há o Inácio Ferreira Pinto, o grande Inácio Ferreira Pinto:
      http://pt.wikipedia.org/wiki/In%C3%A1cio_Ferreira_Pinto
      Inácio Ferreira Pinto (1765 — Rio de Janeiro, 1828) foi um entalhador e arquiteto ativo no Rio de Janeiro na época colonial.
      Entre 1785 e a segunda década do século XIX realizou vários trabalhos de talha dourada, em estilo barroco rococó, para vários templos da cidade, como o Mosteiro de São Bento (capela-mor, capela do Santíssimo Sacramento), Igreja do Convento do Carmo (altar-mor, altares laterais, capela de Nossa Senhora dos Passos), Convento de Santa Teresa (altares vários), entre muitos outros. Projetou a igreja de Nossa Senhora de Copacabana (1781), já demolida.
      Contemporâneo do Aleijadinho e de Mestre Valentim, foi um dos melhores escultores da cidade no final da época colonial.
      Muito interessante, curioso tudo isso, essa "provável coincidência" do sobrenome do santeiro do século XXI, em Campanha, fazer a imagem da padroeira brasileira que as autoridades brasileiras presentearão o Papa na sua visita oficial ao país. E o Museu de Arte Sacra de vocês aí em Campanha possui acervos com peças diversificadas, em barro, em madeira etc? Não encontrei o site, qual o link?
      Parabéns pra vcs, campanhenses. Pedro Almeida-Rio

      Excluir
    2. Prezados Mariana e Pedro, grato pela participação no blog.
      Confesso que não sei precisar a informação sobre a origem desta família mas, acredito que sejam descendentes de portugueses sim.
      O Museu Regional do Sul de Minas e o Museu Sacro estão no mesmo prédio, ao lado da Catedral. Temos obras em madeira e metais.Um rico acervo.
      Há possibilidade de visitar o atelier e as oficinas sim. Temos um artesanato e tapeçaria bem diversificados. Para conhecerem um pouco sobre estas atividades aqui em Campanha, visitem este blog no inicio de 2012. Postei coisas que podem ser do interesse de vocês.
      Vindo até Campanha, me avisem com antecedência que, arrumo alguém para acompanha-los ou eu mesmo o farei, com o maior prazer.Meu email é: josemiltonjunqueira@gmail.com - 35-3261.1380 - 8896.0434 Estou sempre a disposição dos interessados por Campanha.

      Excluir
    3. Pedro agradecendo e respondendo:
      Blogueiro José Milton, quanta gentileza! Agradecemos sua atenção. Fizemos contato com agências e guias aqui no Rio, ontem. Eles ficaram muito interessados, mas muito interessados mesmo e como eles já fazem viagens, organizam grupos com destino a São Lourenço, estão fazendo levantamentos, verificando logística. Ficamos muito gratos pela sua presteza, repassaremos agora mesmo os seus contatos para eles e pelo que já nos foi informado sua cidade é de uma riqueza inigualável.

      Excluir
    4. Prezado Pedro, aman hã deverei postar algo sobre o artesão de Campanha Sodem. Conversando com ele, fui informado que sua origem vem de Portugal. Mas ele mesmo ficou curioso para conhecer pois, não sabia.

      Excluir
  5. Por gentileza, estou procurando sites, fotos, textos, informações sobre o artesanato religioso em Campanha e não estou encontrando, tudo o que localizo é muito vago, como esses link, por exemplo:
    http://www.qype.com.br/brd-campanha/categories/137-arte-e-artesanato-in-campanha
    http://www.apontador.com.br/em/mg_campanha/artes
    Não existe uma página oficial do artesanato religioso em Campanha em formato de catálogo, remetendo para cada artesão local? Grato. André-BH

    ResponderExcluir
  6. André, vejas nas postagens que fiz em março e abril de 2012. Lá você poderá encontrar os endereços mais importantes dos nossos artesanatos. Os que na época tinham site, ali estão.

    ResponderExcluir
  7. Ao blogger Zé Milton, com a divulgação dessa notícia de que uma réplica da imagem da padroeira brasileira, confeccionada em Campanha, uma cidade do sul de Minas, será um dos grandes presentes do Brasil ao Papa Francisco, em sua visita oficial, na Jornada Mundial da Juventude,com certeza, todos: profissionais de comunicação de turismo, de cultura etc etc etc..., todos indagarão sobre arte sacra em Campanha e artesanato religioso de Campanha. Vcs estão cientes disso, não? Mas estamos há dias pesquisando e só encontramos umas informações desconexas sobre estes temas, por gentileza, blogger Zé Milton, vc que é nativo, poderia nos ajudar informando quais são os links na internet????? para encontrarmos todas as informações, dados completos, detalhados sobre arte sacra em Campanha e artesanato religioso de Campanha????? Gratos, Fábio Gomes e equipe

    ResponderExcluir
  8. Thais Fernandes diz:
    Blogueiro Zé Milton, por gentileza, tb precisamos de informações sobre estas questões relacionadas ao Museu de Arte Sacra de Campanha, poderia nos ajudar, fazendo o enorme favor de esclarecer umas dúvidas:

    1) Em Campanha, existe um Museu de Arte Sacra ou uma Sala de Arte Sacra dentro de um Museu?
    2) Como é o nome dessa "instituição"? Qual o site?
    3) Essa "instituição" é dirigida pela igreja (diocese ou paróquia?)ou pela prefeitura municipal (qual secretaria, departamento, se for ocaso?)?
    4)Quem é o diretor, o responsável que pode prestar informações "técnicas"? E qual o contato eletrônico desta instituição? e-mail? skype?

    A título de exemplo, por gentileza, veja estes sites de outros museus de arte sacra de Minas:

    http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=instituicoes_texto&cd_verbete=5401

    http://museudeartesacrauberlandia.com.br/

    http://www.uberaba.mg.gov.br/portal/conteudo,884

    Como conseguimos informações sobre o Museu de Arte Sacra de Campanha no padrão desses museus acima?
    Não estamos conseguindo achar nenhum site.
    No Museu de Arte Sacra de Campanha há quantas e quais peças do artesão da "Padroeira para o Papa"?
    Agradecemos muito sua colaboração, pois está impossível avançar nas pesquisas virtuais sem sabermos essas informações básicas. Se for possível publicar uma postagem no seu blog sobre uma panorâmica do Museu de Arte Sacra de Campanha e do artesanato religioso, algo que seja uma fala do diretor do Museu, por exemplo, estamos certos de que ajudará não só os profissionais que trabalham com o tema, mas muito mais ainda a sua cidade. Campanha é de grande importância, mas não aparece na web, o que é difícil de entender!

    ResponderExcluir
  9. Zé Milton, desde que seu blog surgiu há 2, 3anos, há quanto tempo o seu blog existe? Nós lemos e vemos constatado que Campanha precisa investir, com conhecimento de causa, no turismo. O turismo é a atividade econômica por excelência em que Campanha deve investir. Isso já foi apontado por vários especialistas. Você, como cidadão, chegou a apresentar um modesto calendário de eventos, uma centena de eventos numa cidade que como Campanha poderia realizar muitas centenas de eventos ao longo do ano e o que a prefeitura respondeu? Que não iria fazer nada de novo, iria ficar como sempre, na mesma! Até quando isso? Nós precisamos de renda, nós precisamos de emprego, ninguém quer esmola, não é favor nenhum, nós precisamos que a prefeitura cumpra o papel dela. E agora é um momento para acompanharmos bem de perto como a prefeitura vai encaminhar essa questão. Eles têm tudo para agir e alavancar Campanha, precisamos acompanhar, precisamos aguardar, precisamos cobrar, afinal somos nós que pagamos os salários deles, nós estamos exercendo nosso direito de cidadania. Luiz Augusto Carvalho

    ResponderExcluir
  10. E não é de hoje que se fala na valorização do excelente artesanato de Campanha. É hoje um dos carro-chefe! Todo mundo vai ganhar! Pq é tão difícil entender isso?

    ResponderExcluir